Itália

Itália2019-01-08T18:16:39-03:00

Project Description

Mama Mia, quanta beleza !

As 9 regiões turísticas que formam o mapa da Itália, a famosa “Bota”, oferecem centenas de destinos recheados de pontos turísticos, história, arte, arquitetura e boa gastronomia.

A Itália oferece a seus turistas cerca de 100 mil monumentos deixados como legado ao longo de seus mais de 3 mil anos de história. De um extremo ao outro não faltam no país catedrais, palácios, fortalezas, importantíssimos sítios arqueológicos e incontáveis e sublimes obras de arte para quem visita seu território. Além do patrimônio cultural e arquitetônico, o visitante pode apreciar sua gastronomia regada por deliciosos vinhos de origem local. Berço do movimento de slow food, quem visita a Itália pode praticar esta nova tendência de apreciar alimentos. Como se não fosse suficiente sua história, cultura e gastronomia, a Itália é um país de infindáveis e exuberantes paisagens, dono de uma diversidade de opções turísticas. Seja para relaxar em charmosos vilarejos, ou deslizar sobre a neve dos Alpes, ou tomar sol da sacada de uma casinha típica a beira do penhasco no mar na Costa Amalfitana, ou então ver de perto incríveis cidades que guardam tesouros arquitetônicos como Veneza, Florença e Roma, a Itália é seu destino. Completamente diferentes entre si, elas são o símbolo de um país com muita história. Um país fragmentado em reinos e repúblicas, uma divisão até hoje sentida nos dialetos, cozinha, nos debates econômicos e políticos.

Do sul a norte vemos suas diferenças. Parada no tempo em povoadinhos da Sicília ou cosmopolita em Milão, urbana em Gênova ou romântica em San Gimignano, a Itália e o destino de todo tipo de viajantes, que atraem turistas durante o ano todo.

Informações

  • Quando ir: Durante todo o ano.

  • Quanto tempo ficar: Pelo menos 5 dias se for visitar apenas uma cidade. Ideal são pelo menos 12 dias para passar por Roma e Toscana.

  • Indicado para: Viajantes que gostam de história, de paisagens naturais, apreciar um bom prato de comida e sorvetes de sobremesa, de bons vinhos,  de badalar pelo interior ou nas praias banhadas pelo mediterrâneo.

  • Experiências: Historia, cultura, enoturismo, gastronomia, praias e monumentos históricos.

Existem voos diretos diários saindo do Rio e São Paulo para Roma e apenas de São Paulo para Milão. Entretanto, é possível chegar em qualquer aeroporto italiano fazendo conexões em outras capitais europeias.

Cartão-postal de Roma, a Fontana di Trevi atrai numerosos visitantes. Terminada em 1762, este atrativo imperdível consta com um tamanho imponente e esplendida arquitetura, uma visita imperdível.

O Vaticano é o menor país do mundo, com apenas 0,44 km² e 800 habitantes, localizado dentro de Roma. A praça de São Pedro, onde o Papa abençoa os fiéis, a imponente Basílica de São Pedro, os museus e a Capela Sistina, com seu famoso teto pintado por Michelangelo, fazem parte das atrações turísticas procuradas pelos turistas.

Capri se destaca por suas lindas paisagens e seus penhascos pontuados com vilas, hotéis e restaurantes ideais para se deliciar com a gastronomia local. Muitos são seus atributos, mas podemos destacar a vista do mediterrâneo e o vulcão Vesúvio encanta os visitantes criando ambiente romântico para os apaixonados.

A Itália disputa com a França o título de principal produtora de vinhos do mundo. A Toscana, produtora do Chianti, um dos vinhos tintos italianos mais reputados internacionalmente, é o destino daqueles que desejam conhecer seus vinhedos saboreando seus pratos deliciosos regados ao vinho da região.

Menor e menos conhecida do que sua vizinha Florença, situada a 70 km de distância, a cidade de Siena tem um centro histórico medieval inscrito no Patrimônio Mundial da UNESCO. Rodeado por 7 km de muralhas, o centro de Siena tem belas construções intactas de uma arquitetura que influenciou o resto da Europa em sua época e tem na Piazza del Campo seu principal cartão-postal.

A charmosa Veneza tem mais de 170 rios e canais que viraram símbolos da cidade e é destino dos casais em lua de mel. A Basílica de São Marcos é um magnífico exemplo da arquitetura de Veneza. Esta obra-prima composta de cinco cúpulas e impressionantes mosaicos e paredes, arcas, colunas e solos com muitos detalhes dourados, fazendo dela uma das principais cartões-postais da encantadora cidade italiana.

Durante sua visita à Roma, vá a Santa Maria del Popolo ou Basilica de Santa Maria do Povi, localizada no lado Norte da Piaza del Poppolo. Esta Basílica tem afrescos de Caravaggio, Pinturicchio e Rafael, e a bela Capela Chigi, citada no livro “Anjos e Demônios”. Em seguida, siga caminhando pela Via del Corso fazendo um zig e zag pelas ruas perpendiculares e paralelas, visite a San Carlos al Corso, Paraquia San Lorenzo in Lucina finalizando na Piazza Colonna e depois a Piazza di Montecitorio, ambas com vários prédios do governo italiano. Não deixe de dar uma passada na Gelateria Giolitti que fica bem próxima a estas praças, sem dúvida um dos melhores gelatos da cidade.

Se sua visita à Roma durar mais de 5 dias, inclua um dia para conhecer as Catacumbas de San Calisto, a maior galeria subterrânea de Roma, que antigamente era o cemitério da cidade e inclusive vários Papas foram enterrados. As Catacumbas ficam dentro de um parque, o Parco della Caffarella, e toda a região é bem arborizada, nem parece a Roma atual. Você pode fazer este passeio de bicicleta pela Via Ápia, um passeio sensacional.

Em Ravello, procure na programação cultural se é possível no dia da visita a cidade escutar um concerto de música clássica nos terraços da Villa Rufolo.

Situado na cidade de Agrigento, no litoral sul da ilha da Sicília, o sítio arqueológico do Vale dos Templos é um impressionante vestígio da arquitetura grega. O local abriga restos bem conservados de nove templos, além de santuários, catacumbas e construções romanas construídas posteriormente.

Palácio construído no século 16, a Galleria degli Uffizi (Galeria dos Ofícios), é uma das muitas belezas da cidade de Florença. Atualmente, a construção abriga o Museu dos Ofícios, um dos mais completos do planeta, com obras de grandes mestres italianos e europeus.

No sul do país, a região de Basilicata esconde um tesouro imperdível conhecido como a Sassi di Mattera. Estas cavernas pré-históricas talhadas em blocos de calcário foram preservadas e completadas ao longo de 2 mil anos com pinturas religiosas e outros detalhes que merecem ser explorados.

Ao sul de Cala Gonone, a pequena praia de Cala Luna é um cenário perfeito para curtir os dias de sol no verão europeu. A praia tem areias brancas rodeadas por grandes penhascos frente às águas turquesa do Mediterrâneo.

Situada perto da cidade de Baunei, na costa da Sardenha, Cala Mariolu é uma das praias do Mediterrâneo. Suas areias brancas banhadas por águas azuis e calmas são cercadas de grandes falésias.

Galeria