Recife

Recife2018-11-28T21:47:20-03:00

Project Description

A Cidade do Recife hoje é um dos centros urbanos mais desenvolvidos do país, preserva muitos resquícios de seu período colonial, garantindo que uma viagem pela cidade revele não apenas as belezas naturais da costa brasileira, como também sua faceta histórica. Urbana e viva, a capital pernambucana é de uma geografia ímpar. Ilhas, pontes, canais e casarões antigos incrementam o visual da chamada “Veneza brasileira”, onde o calor forte é parte integrante do ritmo de vida local. No mar, plano de fundo dos recifenses, é Boa Viagem quem faz sucesso. Recife é considerada a capital cultural do Nordeste, por suas manifestações artísticas (do frevo, maracatu e coco ao manguebeat de Chico Science) e por sua habilidade de agregar o que vem de fora. A praia de Boa Viagem possui cerca de 7 km de extensão. Com quiosques revitalizados, calçadão e ciclovia, você pode petiscar, fazer uma caminhada ou andar de bicicleta.

Informações

  • Quando ir: Temperaturas quentes o ano inteiro, o inverno é mais chuvoso então evite os meses de maio, junho e julho.

  • Quanto tempo ficar: De 07 a 10 dias

  • Indicado para: Viajantes que querem curtir praia, natureza, passeios noturnos, beleza natural.

  • Experiências: Esportes, música, natureza e curtição.

Saídas com voo direto ou com conexão nas principais cidades.

Aproveite para realizar o passeio de buggy pelas praias em Porto de Galinhas que normalmente é chamado de “ponta a ponta”, por incluir em seu roteiro diversas praias do litoral do distrito. É muito legal e pode ser feito no tempo que você preferir, bastando combinar previamente com o bugueiro. Ele passa pelo Pontal de Maracaípe, pela Praia de Maracaípe, por Porto de Galinhas, Cupe e Muro Alto, fazendo paradas em alguns trechos da praia para tirar fotos, e em Muro Alto para mergulhar. As paisagens se transformam ao longo do caminho, mas têm em comum o visual paradisíaco. Não deixe de levar a câmera!

Olinda tem título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco, mas de perto o que se vê é um município com população carente e poucas opções de trabalho. Comece o passeio pelo centro histórico de Olinda, visitando o Museu do Mamulengo (Rua São Bento no 344), vizinho ao prédio da Prefeitura de Olinda. Ali pertinho encontra-se o Mosteiro de São Bento, cuja construção foi iniciada em 1660 e terminada somente em 1761. A obra de estilo barroco, destaca-se entre as demais por possuir um belo conjunto arquitetônico, que inclui pinturas e um trabalho muito detalhado em ouro – os guias locais chegam a afirmar que no
interior do Mosteiro foram utilizados cerca de 100kg de ouro.

Visite o Instituto Ricardo Brennand. É um dos pontos turísticos mais interessantes do Recife, pois tem a capacidade de agradar pessoas de todas as idades. É o local ideal para quem aprecia artes, objetos antigos e arquitetura. Com uma bela paisagem ao ar livre, árvores, cafeteria e edifícios em forma de castelo medieval, é difícil não se surpreender com a estrutura do lugar. A propriedade de Ricardo Brennand possui exposições permanentes e temporárias, onde é possível acompanhar obras brasileiras e de outras partes do mundo. Em um dos edifícios fica a exposição que mostra um pouco do Brasil Holandês, com muitos quadros de Frans Prost e peças em mármore trabalhado.

Galeria